TERCEIRA LEI UNIVERSAL

NADA ESTÁ PARADO, TUDO MOVE, TUDO VIBRA.

Este princípio vem provar, e pelos Ensinamentos herméticos,  que tudo se move, nada está parado,  mas vibrando em diversos graus de manifestação, na escala das vibrações.

Exemplificando:

O Espírito num lado do polo de vibração e a matéria no polo de vibração contrário.

O próprio TODO, vibra num grau tão intenso e num movimento tão rápido, que temos a sensação que tudo  Nele está parado.

Comecemos pelo próprio átomo:

Todos sabemos através da Física Quântica, que o átomo é composto de prótons, nêutrons e elétrons que se movimentam rapidamente girando à volta uns dos outros manifestando assim, um estado muito rápido de vibração.

Comprovado que tudo o que existe é Átomo e que o conjunto destes formam moléculas que se tornam matéria, este princípio hermético mostra-nos exatamente que 'Tudo Vibra, nada está parado'.  

Pelo  nosso nosso ponto de vista verifiquemos:

A Energia sendo a mesma, pode apresentar-se em várias escalas vibracionais.

Vamos considerar o caso do Homem:

Quando emite um determinado tipo de pensamento, seja ele qual fôr, coloca a energia na frequência  desse pensamento. Aquela imagem que ainda não existia, a partir do momento em que pensa, ela já existe na sua mente. O efeito desse pensamento gera uma imagem que na escala vibracional, correspondente ao grau de frequência emanado.

Essa imagem pode variar.

No caso de um pensamento de amor, vai ter um grande frequência, mas no caso de ódio, o resultado é uma frequência bem diferente.  

Isto não é mais que um modo de movimento vibratório.

Se pusermos a questão do calor e do frio, chegamos à conclusão que se trata da mesma energia, mas manifestada em frequência num grau vibracional diferente.

Toda a manifestação de um pensamento, vontade ou desejo é acompanhada por vibrações e podem afetar a mente de outras pessoas por sugestão.

É este princípio que produz os fenómenos de telepatia, do poder da mente e sua influência mental.

Também e quando aplicado com disciplina, o que produzimos no plano mental podemos manifestar no plano físico.

Através de exercícios e algumas práticas aplicando a ciência da transmutação mental e alguma reflexão pelo Princípio da Vibração somos capazes, mas já num estágio bastante elevado, de transmutar as Leis da natureza mudando as vibrações de objetos materiais ou formas de energia. É a isto que chamamos de milagre.

As manifestações devem vibrar num grau que possamos considerar de equilíbrio.

Exemplifiquemos a temperatura:

Não tão demasiado quente ou demasiado frio. Utilize-se o meio termo. Mestre Siddartha Gautama chamava-lhe o Caminho do Meio.

Um esforço da própria pessoa pode levar a estados mentais de grande nobreza.

O calor, a eletricidade, o magnetismo e a luz, são simplesmente formas de movimento ou ondas vibratórias dotadas duma verdadeira tenuidade e elasticidade, e emanadas de uma substância Etérea que designamos por Éter, ao penetrar no espaço universal.

É um ponto de união entre a energia que tomamos como matéria e a energia ou força.  

Nesta Substância Etérea,  também se encontram armazenados os Registos Akáshicos, que abarcam tudo o que ocorre, ocorreu ou ocorrerá no Universo.

Repare o Leitor que todos os Princípios estão ligados entre si.

Através deste Princípio vai sentir o Princípio da Causa e Efeito.

Um ditado de velhos escritores diz:

“Aquele que compreende o Princípio da Vibração, alcançou o cetro do Poder”

 

Publicado em
13/7/2021
na categoria
Espiritualidade
Clique para ver mais do autor(a)
Francisco J. Cabral

Mais do autor(a)

Francisco J. Cabral

Ver tudo