uma canção hei de cantar,

com uma bandeira na mão,

para assim mostrar,

toda a minha satisfação.


será uma canção,

que mesmo de improviso,

me trará a recordação,

de, "para aqui chegar", o que foi preciso.


dirá o que tenho no meu peito,

que trás rosas e espinhos,

dirá que este "meu feito",

foi resultado dos meus caminhos.


...um dia a cantarei,

com lágrimas e sorrisos,

e aí sentirei,

que nem tudo foram prejuízos.


com os olhos no céu,

e de mãos no ar,

cantarei o que é meu,

...apenas com uma canção... a rimar.


 

Publicado em
16/5/2022
na categoria
POESIAS - Pensar e Ser
Clique para ver mais do autor(a)
João Oliveira

Mais do autor(a)

João Oliveira

Ver tudo